Resenha | Dare Me

quinta-feira, 17 de novembro de 2016
Autor: Megan Abbott
Nível de Inglês: Intermediário - Avançado
Páginas: 290
Ano: 2012
Classificação: 
Skoob
Sinopse: Addy Hanlon and Beth Cassidy are the varsity cheerleaders all the other girls fear and admire, the unchallenged rulers of their high school kingdom. But everything changes when the new coach arrives. Cool and commanding, Coach French seems perfect in every way, a charismatic presence who overturns the girls' established pecking order and still manages to gain their fierce allegiance in the process. Then a shocking event upends their fragile peace, and a police investigation begins circling in on the coach and her squad. As the girls's season moves towards its highly anticipated finale, Addy and Beth are forced to ask where their loyalties lie as they stakes grow higher, and more dangerous.

Meninas Malvadas + Cisne Negro = Dare Me.

Eu já não sou adolescente há uns bons dez anos. Mas ainda lembro com nitidez de alguns momentos do ensino médio e como eram a mentalidade das garotas naquela época. A rivalidade, a amizade, a falsidade, o ódio... tudo era em escalas astronômicas, sentido com muita intensidade. E apesar da aparente tristeza e apatia das personagens de Dare Me, é sobre esses sentimentos fortes que iremos ler.

Megan Abbott faz parte daquele time de autores que trata seus personagens com crueza, sem enfeitá-los em nenhum momento. Ela evoca de cada um seu lado mais sombrio, e nos surpreende ao abordar tantos assuntos complexos sem nos sufocar com informações o tempo todo.

O pano de fundo desta história é o ensino médio, mais precisamente a aula de Educação Física, onde as líderes de torcida praticam seus números e acrobacias. O grupo de garotas é abordado a fundo, assim como seus distúrbios alimentares e problemas de autoimagem. Temos a líder suprema, Beth, que é a típica Regina George; a amiga-braço-direito, Addy, que é o cachorrinho de estimação que faz tudo o que Beth pede e uma dúzia de outras meninas que apenas seguem umas às outras e fazem o seu melhor para conquistarem reconhecimento.

O conflito principal se sustenta pela rivalidade entre Beth e Colette, a nova treinadora das cheerleaders. Não senti em nenhum momento que Abbott tentou passar a imagem de que a rivalidade entre mulheres é natural; muito pelo contrário, os momentos de fofocas e rixas entre as garotas me soaram como um lembrete do quão problemático é esse comportamento e como suas consequências podem ser irreversíveis.

O ritmo do livro é lento no início, e vemos apenas vidas monótonas de adolescentes entediadas. Mas a situação muda conforme vamos sendo levados a um enredo cheio de segredos, vingança, e maldade, que se manifesta até nas menores ações e nos menores diálogos.

Addy, que narra Dare Me em primeira pessoa, poderia ser uma personagem sem carisma, mas seus conflitos internos são tão reais e interessantes que me mantiveram presa à ela. É claro que há momentos bobos, mas totalmente compreensíveis por conta da realidade de Addy e de como ela se enxerga e interage com as pessoas à sua volta. E com certeza ela foi a personagem que mais se desenvolveu durante todo o livro, adorei seu amadurecimento.

Gostei muito da sutileza utilizada para tratar a sexualidade de alguns personagens. Achei verossímil e nada forçado. As reviravoltas também foram instigantes e deram um gás na história.

O meu maior problema foi com a escrita de Abbott. Como li em inglês, tive bastante dificuldade para compreender todas as metáforas utilizadas pela autora. Alguns termos também ficaram bem confusos devido à aplicação usada, e isso me fez travar na leitura algumas vezes. Definitivamente não é recomendado para quem tem um inglês mais básico.

Mas no geral é um livro forte que poderia ser simplório, mas caindo nas mãos certas, conseguiu transmitir muito bem a sua mensagem.

There's something dangerous about the boredom of teenage girls.

Esta resenha faz parte do Desafio Literário I Dare You 2.0 (saiba mais clicando aqui).
Tema escolhido para Setembro: Colegial

Beijos e até o próximo post :*


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo ↑